18/12/2017

CUBITAN: suplemento que auxilia no processo de cicatrização

processo de cicatrização

Algumas feridas são difíceis de cicatrizar. Quem tem diabetes conhece bem essa realidade. Muitas vezes, um simples corte pode gerar uma lesão crônica e um processo de cicatrização muito complicado, que não responde a tratamentos convencionais ou demora muito a curar.

Para ajudar nesse tipo de situação, alguns suplementos alimentares atuam como facilitadores no processo de cicatrização, a exemplo do Cubitan.

cubitanFabricado pela Danone, o Cubitan é uma terapia nutricional oral produzida justamente para auxiliar a cicatrização de escaras, lesão por pressão e outras afecções da pele.

Isso porque ele contém arginina, um mix de carotenoides e alto teor de micronutrientes que ajudam no processo de cicatrização, como zinco e selênio, além de vitaminas A, C e E.

Disponível em frascos de 200ml nos sabores chocolate, morango e baunilha, o suplemento é prático e pronto para consumir, normalmente recomendada de uma a três unidades diárias. Se quiser saber mais sobre o Cubitan, confira em nossa loja virtual.

LEIA TAMBÉM: Como administrar a dieta enteral em pó?

Tipos de cicatrização

O maior órgão do ser humano, a pele, tem como função principal proteger o corpo da invasão de germes. Uma ferida é como se fosse uma porta aberta para entrada de micro-organismos, podendo gerar infecções.

A cicatrização é o processo de restituição pelo organismo da área perdida ou danificada. Quanto menor a ferida, mais rápida é a cicatrização. Quanto maior e mais profunda, mais tempo ela demanda para se fechar totalmente.

O processo de cicatrização é, geralmente, dividido em três tipos: primário, secundário e terciário.

A primária, ou de primeira intenção, é o grau mais leve, no qual um ferimento não contaminado possui bordas lisas e próximas, isento de perda tecidual – o que permite uma melhora entre 4 e 10 dias.

No segundo caso, já existe um afastamento entre as bordas do ferimento, o que é preenchido por tecido de granulação durante o processo. Situações deste tipo podem se alongar mais, chegando a demorar meses para cicatrizar.

Já a cicatrização terciária, ou de terceira intenção, caracteriza-se por uma necessidade de limpeza e aproximação das bordas, procedimento realizado por um cirurgião.

Como auxiliar o processo de cicatrização?

Existem alguns fatores que influenciam para maior ou menor velocidade do processo de cicatrização, como por exemplo o tempo em que a cicatriz leva para se formar completamente, dimensões do ferimento e cuidados tomados pelo paciente.

O modo como a equipe médica atua também influencia o processo de cicatrização, levando em conta o material de sutura, a técnica de fechamento da ferida, os curativos utilizados, entre outros pontos.

Quem tem diabetes deve redobrar os cuidados com lesões de pele, pois feridas que parecem inofensivas podem se tornar grandes problemas. Isso acontece porque os altos níveis de glicose no sangue fazem com que as artérias fiquem endurecidas e estreitas, dificultando a circulação do sangue, principalmente nas extremidades do corpo, como os pés.

Assim, as células vermelhas do sangue que transportam nutrientes para o tecido ficam mais deficientes, bem como a atuação dos glóbulos brancos que combatem as infecções. Sem nutrientes e oxigênio suficientes, uma ferida cicatriza muito mais lentamente.

Procure a equipe médica ou nutricionista para recomendar suplementos que ajudam no processo de cicatrização, como o Cubitan.

Esperamos que nosso artigo tenha esclarecido suas dúvidas. Se tiver algum tema que queira saber mais, dê a sua sugestão em nossos comentários e e não deixe de compartilhar em suas redes sociais. Sua opinião é sempre bem-vinda. Obrigado e até breve!

LEIA MAIS: Nutri Renal: Opção ideal para pacientes com insuficiência renal

 

Related Posts

2 comentários para “CUBITAN: suplemento que auxilia no processo de cicatrização

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *