27/09/2017

Como funciona a alimentação por sonda?

alimentação por sonda

A administração de uma dieta enteral sempre exige um cuidado a mais, seja por parte dos profissionais de saúde no hospital, seja pelo cuidador – quando o paciente já está em casa, mas ainda precisa deste tipo de nutrição. É especialmente nesta hora que surgem muitas dúvidas sobre alimentação por sonda. Como fazer isso da forma correta? É perigoso? Quais os cuidados com a higienização? Vamos responder a tudo isso neste artigo.

Antes de falarmos especificamente sobre a alimentação por sonda, vamos falar um pouco mais sobre como é esse tubo fininho. Geralmente, ele é feito de borracha macia e flexível, para não causar incômodo na hora de alimentar o paciente ou introduzir medicamentos.

Basicamente, a função da sonda na alimentação é ser a “condutora” dos nutrientes necessários para a saúde ou fortalecimento do paciente, quando este está impossibilitado não ou não consegue ingerir a quantidade suficiente de alimentos por via oral. A escolha da dieta enteral deve ser feita pela equipe médica ou nutricionista, e deve ser seguida à risca em casa também.

A sonda é introduzida pelo nariz e vai até o estômago, jejuno ou íleo. Este procedimento, porém, apesar de simples, deve ser realizado no ambulatório por profissionais de saúde. Em caso de saída acidental da sonda, procure a equipe que cuida do paciente. Não tente recolocar em casa.

LEIA MAIS: O que é e para que serve a sonda nasoenteral

Com o material posicionado, a alimentação por sonda pode ser realizada em casa normalmente pelo cuidador ou, em muitos casos, até mesmo pelo próprio paciente. Veja algumas orientações importantes.

Recomendações úteis para alimentação por sonda

Sabemos que alimentação por sonda é recomendada quando o paciente tem dificuldade para engolir alimentos ou até mesmo pela falta de apetite. Por isso, é muito utilizada por pessoas que fizeram cirurgias na boca ou na garganta ou que estão muito debilitadas.

Existem dois tipos de alimentação por sonda possíveis: a caseira e a industrializada. Normalmente, os profissionais de saúde indicam uma dieta enteral industrializada, que já vem na medida exata para suprir as necessidades nutricionais de cada paciente.

Além disso, a dieta industrializada é preferível para a alimentação por sonda devido aos riscos de entupimento frequente na utilização da nutrição caseira e pelo maior risco de contaminação, devido ao excesso de manipulação por ser triturada ou batida e peneirada – o que nem sempre é feito da maneira adequada em casa.

Listamos aqui algumas orientações importantes para a administração da alimentação por sonda em casa. Confira:

– Caso o paciente esteja de cama, a dieta deve ser aplicada com ele sentado ou com a cabeceira levantada.

– A tolerância do gotejamento é individualizada. Por isso, mantenha o gotejamento indicado pelo profissional que acompanha o paciente, para evitar diarreias ou vômitos.

– Lave bem as mãos com água e sabão antes do preparo.

– As soluções devem ser preparadas em quantidade suficiente para, no máximo, um dia.

– Use somente água filtrada e/ou fervida na preparação da solução (caso utilize a solução em pó).

– Guarde a solução na geladeira e retire 30 minutos antes do uso. É importante não introduzir a alimentação por sonda muito gelada ou quente. A temperatura ambiente é o mais adequado.

– Após passar a dieta pela sonda, ela deve ser lavada com 30 ml de água.

– Lave todos os utensílios destinados à alimentação do paciente diariamente, com água e sabão neutro e enxague bem.

– Guarde todo o material em local seco e limpo.

Esperamos que essas dicas sobre alimentação por sonda tenham colaborado de alguma forma. Se gostou do nosso artigo ou tem alguma dúvida, deixe sua opinião aqui nos comentários.

Continue em nosso blog e veja diversos outros textos relacionados à nutrição enteral, saúde e qualidade de vida!

Related Posts

31 comentários para “Como funciona a alimentação por sonda?

  1. Quando o paciente está se alimentando com dieta industrializada.como fica a evacuação ela funcio a diariamente ou te intervalos de quantos dias?

    1. Bom dia,

      O funcionamento intestinal deve ser normal. Alguns pacientes evacuam mais de uma vez por dia e outros até 24 horas. O ideal é que o intervalo não seja superior a 24 horas. A adequação da oferta de fibras da dieta pode solucionar o problema.

      Estou à disposição para esclarecimentos.

      Um abraço,

  2. Caso o paciente esteja utilizando a sonda nasogástrica, ele pode tentar se alimentar pela boca? Ou isso pode danificar a sonda de alguma forma?

    1. Boa tarde,

      O paciente em uso de sonda pode alimentar via oral ou seja pela boca. O importante é que haja liberação do médico ou fonoaudióloga.

      Um abraço,

  3. TODA VEZ QUE O PACIENTE SE ALIMENTAR PELA SONDA , TENHO QUE TROCAR ” O CANINHO E O SAQUINHO ” ?
    OU ELES PODEM SER REUTILIZADOS , SE SIM , ATÉ QUANTAS VEZES ?

    1. Bom dia,

      Orientamos que a troca do equipo ( caninho) seja diária e o frasco (saquinho ) seja a cada horário de administração ou diário desde que bem lavado.

      Estou à disposição para demais esclarecimentos.

      Um abraço,

  4. Boa Noite
    Estou estudando e gostei muito das suas dicas.
    Tenho uma dúvida: digamos dois pacientes: A alimentado por SNE
    B alimentado por SNG
    Quais as consequências para cada paciente se forem trocadas as dieta?
    Muito Obrigada! !!!

    1. Bom dia,

      Inicialmente, obrigada pelo contato. Não existe uma dieta específica para cada via de acesso, SNG e SNE. Prescrevemos a dieta enteral de acordo com as necessidades nutricionais e patologia do paciente.
      Quando falamos de Nutrição Enteral e a localização da Sonda, percebemos que a tolerância é individualizada em relação a quantidade e tipo de dieta.

      Estamos à disposição para outros esclarecimentos.

      Um abraço,

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      A nutrição enteral é indicada quando houver risco de desnutrição, devido a ingestão insuficiente das necessidades nutricionais diárias, quando os pacientes não podem se alimentar, quando a alimentação produz dor ou desconforto e quando há disfunção do trato gastrointestinal.

      Qualquer dúvida estamos à disposição.

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      Precisamos realizar acompanhamento mensal para avaliar se o paciente está ganhando ou perdendo peso, essa é a melhor maneira de verificar se a dieta e o volume estão adequados.
      Qualquer dúvida estamos à disposição.

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

  5. Minha mãe só emagrece faz 7 meses que ela se alimenta por sonda.damos nutren e comida caseira. Tem cancer fez laringectomia total e tem câncer de pulmão. Come pela sonda porq tem uma fistola.

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      Para aumentar o aporte calórico e proteico, minha sugestão é adicionar um suplemento em pó na alimentação que vocês preparam em casa. Vocês tem um contato telefônico para que eu retorne? Gostaria de detalhes sobre a paciente.

      Aguardo retorno. Um abraço,

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

  6. Boa tarde!
    queria um tipo de dieta industrializada que melhorase a evacuação, pois meu irmao alimenta-se por sonda ,mais ele tem muita dificuldade em fazer o 2 .
    de já agradeço.

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      O funcionamento intestinal sofre influência de fatores como a Patologia, tipo de dieta, oferta hídrica, medicamentos, entre outros. Gostaria que entrasse em contato, preciso de alguns detalhes para orientação.

      Um abraço,

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      Eu gostaria de mais informações para melhor orientá-la. Você poderia fornecer um telefone para que eu entre em contato?

      Encaminho meus contatos para outras dúvidas.

      Um abraço,

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

    1. Olá,

      Inicialmente obrigada pelo seu contato com a empresa Nutriport.

      Você poderia fornecer um telefone para que eu entre em contato?

      Encaminho meus contatos para outras dúvidas.

      Um abraço,

      Regina Betoni
      Nutricionista Clínica
      (11) – 5089 – 2030
      (11) – 9.7291 – 1687
      regina.betoni@nutriport.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *